PAVILHÃO CARLOS LOPES

October 10, 2018

Um dos testemunhos da riqueza arquitetónica de Lisboa, o Pavilhão Carlos Lopes conta já uma longa história, estando quase a atingir os 90 anos de existência. Aproveitando o vasto acervo da Lisbonlux, apresentamos em linhas breves a história deste edificio.

PT

Construído no Rio de Janeiro em 1921 para a Exposição Internacional que se realizou entre 1922 e 1923, este belo edifício foi depois reconstruído no Parque Eduardo VII em Lisboa, em 1929. Chamava-se Palácio das Exposições e Festas, mas em 1946 foi rebatizado de Pavilhão dos Desportos. Quando o atleta Carlos Lopes venceu a maratona dos Jogos Olímpicos de Los Angeles em 1984, estabelecendo um novo recorde olímpico, o pavilhão mudou novamente de nome, passando a chamar-se Pavilhão Carlos Lopes.
Acabou por encerrar em 2003, e depois de vários anos ao abandono, começou a ser reabilitado em 2015 para reabrir novamente ao público em 2017.
A reabilitação de todo o edifício dotou-o de novas condições únicas para a realização de variados eventos culturais e desportivos, mas respeitou a memória histórica, preservando os belos painéis de azulejos do interior e da fachada, e mantendo uma exposição permanente homenageando o campeão olímpico.
Os azulejos ilustram cenas da história de Portugal, e as duas grandes esculturas à entrada representam a Arte e a Ciência.

 

ENG

Built in Rio de Janeiro in 1921 for the city’s International Exhibition that took place between 1922 and 1923, this beautiful building was later rebuilt in Edward VII Park in Lisbon in 1929. It was named the “Palace of Exhibitions and Festivals,” but in 1946 was renamed “Sports Pavilion.” When the Portuguese athlete Carlos Lopes won the Los Angeles Olympics marathon in 1984, setting a new Olympic record, the pavilion was renamed again, to “Carlos Lopes Pavilion.”
It closed in 2003, and after several years of neglect, it was renovated in 2015 to reopen in 2017.
The renovation of the entire building provided new singular conditions to host different kinds of cultural and sporting events, but respected the historical heritage by preserving the beautiful tile panels of the interior and on the façade, and maintaining a permanent exhibition honoring the Olympic champion.
The tiles illustrate scenes from Portugal’s history, and the two large sculptures by the entrance represent Art and Science.

 

Fonte: LisbonLux

 

SOCIAL LINKS |
20

Related Posts

LISBOA VAI À LINHA
LXMUSIC PRESENTS PAN-POT
CRISTO REI OPEN AIR